Comemoração racista? Não, foi apenas uma coreografia tradicional de torcidas alemãs

Ainda que esquisita, dança dos jogadores alemães não quis atacar o povo argentino

Anúncios

“Alemães racistas! Tiraram sarro dos argentinos chamando de macacos!”

Será? A dancinha que Weindenfeller, Mustafi, Schürrle, Klose, Götze e Kross fizeram nas comemorações  do título mundial da Alemanha em Berlim causou polêmica. Ainda mais porque vinha acompanhada de uma música “So gehen die Gauchos, die Gauchos, die gehen so. So gehen die Deutschen, die Deutschen, die gehen so”.

Tradução: “Assim andam os gaúchos, gaúchos andam assim [abaixados]. Assim andam os alemães, alemães andam assim [em pé]”.

A imprensa argentina acusou os campeões de fazerem menções racistas, até porque, quando andam abaixados, os jogadores parecem imitar macacos.

A acusação é séria, mas não parece ser a intenção. Até porque o Facebook da seleção alemã e a ZDF, rede de TV, reproduziram essa dança, com letra e tudo. Dificilmente fariam isso se houvesse alguma conotação racista (alemães são neuróticos para não soarem racistas – pelo menos em público – devido ao que ocorreu na Segunda Guerra Mundial).

E, de fato, não há motivos para levar a polêmica muito adiante. A coreografia é muito comum entre as torcidas alemãs. No final, ela realmente quer dizer que um time derrotado está de cabeça baixa e o time vencedor está pulando. É uma forma quase infantil de cutucar um adversário (é bem menos agressivo que dizer xingar a mãe ou ameaçar bater). Vejam abaixo.

Torcida do Munique 1860 provoca o Bayern de Munique:


Torcida do Union Berlin provoca a do Werder Bremen:

Torcida do Stuttgart provoca a do Schalke:

49 comentários em “Comemoração racista? Não, foi apenas uma coreografia tradicional de torcidas alemãs”

  1. Na versão em alemão, não há nenhum trecho dizendo “Somos gaúchos/alemães”. A tradução aproximada é: “Assim andam os gaúchos/alemães; os gaúchos/alemães, eles andam assim.”

  2. Um mundo cada vez mais hipócrita, chato e imbecil, esse em que a gente vive. Tudo é racismo, é homofobia, é preconceito, é machismo. Vivem enxergando essas coisas de forma (supostamente) velada em tudo.
    Já fui esculhambado por um colega de faculdade homossexual que me acusou de ser homofóbico. O motivo? Estávamos numa mesa de bar e eu brincava frequentemente com outros colegas mandando eles irem dar a bunda. O imbecil conseguiu ver HOMOFOBIA aí.

  3. Porque isso é homofóbico…
    Ninguém é melhor ou pior porque dá a bunda. É tão homofóbico quanto é machista mandar mulher lavar louça.

  4. Muita hipocrisia, argentinos reclamaram de racismo, quando perder e sofreu zoação dos brasileiros a primeira coisa que fazem é chamar a gente de macacos. Um cara mesmo do meu facebook me chamou de macaco e nem liguei, fiz foi zoar mais kkkk

  5. Isso obviamente não é racismo. Só é bobo.
    Mas a pior parte dele é como atos realmente racistas são minimizados porque, afinal, “essa gente reclama de tudo”.

  6. Você leu a parte que eu disse que mandei OUTROS colegas (que não são gays) e que eu tava brincando?

    Quando eu mando uma mulher ir dar a bunda (um xingamento comunzaço), estou sendo homofóbico?

    ir “dar a bunda” é algo da mesma categoria de “ir catar coquinho”. Quem enxerga o preconceito é gente chata, que parece ser seu caso. Sou responsável pelo que digo, não pelo que os outros entendem.

  7. “Ele não concorda comigo” = “Ele não leu o que eu escrevi, só pode ser burro”.

    Você é responsável pelo que você diz, certamente. E sinto te informar, é homofóbico.

    Quando um grupo espanca pai e filho, héteros, porque confundiu com um casal gay não é só “a boa e velha ultraviolência”, é homofobia sim.

    Quando você manda uma mulher dar a bunda não é homofóbico, é machista. E na maior parta das vezes quem faz isso é porque não tem argumento.

    Cara, eu tenho fé em você, você pode xingar alguém sem ficar agindo como fiscal do cu alheio.

  8. Você já chamou alguém de COITADO alguma vez na vida? Sabe qual a origem desse termo?
    Devemos parar de chamar os outros de coitados, então, já que, pela sua lógica, também pode ser considerado um termo homofóbico.

    Não há xingamento ou humor que não deprecie algum grupo/minoria/tipo-de-pessoa, meu rapaz. Se você chama alguém de “maluco” está depreciando aqueles com problemas mentais. Se chama alguém de “retardado”, está depreciando todos aqueles que nasceram mal dotados intelectualmente, gente que não tem culpa de ser assim.

    Xará, por favor, NÃO SEJA UM CHATO, CARA! Acorde, amigo!

  9. Não há nada além de diversidade cultural nessa acusação sem nexo. O que num país é uma dança boba, em outro é uma ofensa. Normal.

  10. Sim, cara, eu sei o que significa coitado…

    E não, eu não chamo outros de retardado…

    E dá para fazer humor sem xingar uma minoria… dá uma olhada nesse documentário.

    Sim, cara, eu sou chato… porque todo mundo que fala como fazer piada com viado, mulher ou negro é boçal é chato.

  11. Já assisti a esse documentário. Gente como você quase sempre acha que o resto do mundo não concorda com suas posições por falta de conhecimento. Rã…

    Os movimentos LGBT e feminista exigem um grau de respeito por parte de sociedade que é simplesmente surreal, algo utópico. Ninguém nesse mundo tem tamanha blindagem. Estou sujeito a ser desrespeitado e a me sentir ofendido por várias peculiaridades minhas, e não posso exigir que a sociedade em geral me respeite muito mais do que já respeita. O negócio é aguentar firme e seguir.

  12. Chega a ser irônico. Um dos povos (assim como o espanhol) que mais se utilizam do racismo pra ofender seus rivais, reclamar de racismo dos alemães. Basta ver casos e mais casos que aconteceram nessa passagem dos Argentinos pelo Brasil, quantas vezes eles se comportaram de forma racista. Pimenta nos olhos dos outros é refresco! E olha que os alemães nem foram racistas…

  13. Um erro não justifica outro. Além disso, se um cara argentino foi racista não significa que todos os argentinos são racistas. Nesse sentido, todos os brasileiros são racistas, você lembra dos comentários “amistosos” na página do instagram do Zuniga? Portanto, nesse raciocínio, você não poderia reclamar de ser chamado de macaco por argentino, seria hipocrisia, né?

    Olhando esses vídeos, parece ser costume na Alemanha, o que não implica em dizer que essa comemoração não tenha uma conotação racista.Não consigo ver maldade nessa dancinha, mas causou estranheza a reação da imprensa e da Federação alemã, condenando essa comemoração.

  14. E acho que nisso tem muito é desculpa de mal perdedor pra polemizar. Após o jogo contra a Holanda, os jogadores argentinos cantaram Decime que se siente, inclusive o Messi e não vi ninguém encher o saco.

  15. Aff cara, não tou generalizando ¬¬
    E eu continuei a zoar pq eu quis e pq eu tava zoando antes.

    A federação alemã nao condenou o vídeo, pois foi ela que publicou

  16. Isto é homofóbico aonde cara palida?? Vc vive em que mundo?! Augusto SS, só a resposta do Augusto Barros mostra como o mundo é hipócrita, chato e imbecil, como vc diz… PQP!

  17. E como não poderia faltar, a patrulha da militância apareceu pra encher o saco nos comments. Com seu pretensamente altíssimo senso de moralidade, se acham no direito de apontar o que é certo e errado, o que pode e não pode, o que é humor e o que não é. Se consideram iluminados, enxergam a si mesmos como salvadores da humanidade, mas não passam de chatos inconvenientes e hipersensíveis, projetos falidos de ditadores que se ofendem até mesmo com um peido (“Aiiii, que gás estomacal HOMOFÓBICO e MACHISTA! Abaixo a sociedade patriarcal! Sexo anal contra o capital, blábláblá, mimimi”, zzzzzzz…dá até preguiça).
    Vou continuar mandando meus amigos tomarem no cu. Você se ofende com isso?! Problema é seu. Morda a língua (ou a fronha, se preferir), chore, bata a cabeça na parede, se esconda na barra da saia da mamãe…tô nem aí.

  18. Cara, acho que você não sabe o significado de homofobia…homofobia é ter aversão a gays, não tem nada homofóbico em brincar com amigos chamando-os de gays,além do fato de que ser gay não torna você inferior, por isso, dar a bunda não seria uma ofensa, certo? Certo.

  19. Alguém me mostra onde está o racismo nessa dança? um time campeão não pode comemorar o título? na música, dizem que os Argentinos estão cabisbaixos e os Alemães estão de pé, o que tem de errado nisso? o time que perde não fica assim mesmo? triste e cabisbaixo? o time campeão não fica de pé e alegre? que coisa chata, parece politicamente correto, tudo hoje em dia é racismo, homofobia, machismo, pqp, e Argentino falar de racismo parece piada, povo arrogante, preconceituoso e racista, vivem chamando brasileiros de macacos, e tem a cara de pau de vir aqui, queimar nossa bandeira e arrumar confusão.

    Se Alemão for racista, o Jérôme Boateng deve sofrer pra caramba, né? coitado, deve ser escravo da Federação Alemã de Futebol. ‘-‘

  20. Esse povinho é muito chato… Isso é feito há muito tempo, comemoração normal, aí vem moralistas encherem o saco… Vão se fuder!!!!

  21. NÃO ENTENDO, SE A COMEMORAÇÃO ALEMÃ É ATO RACISTA, COMO É QUE NINGUÉM NUNCA RECLAMOU DAS COMEMORAÇÕES DAS EQUIPES DE RUGBY, QUE NA REAL É BEM PARECIDA?! ESTÃO EXAGERANDO TUDO AGORA É RACISMO, ISSO ESTA SE TORNANDO BANAL DEMAIS!!

  22. É pq estamos vivendo o nazismo outra vez! Só que dessa vez é o Nazigay!

    De alguma forma o passado se repete!

    E isso realmente é um saco!

  23. Precisamos ter cuidado com o fato de que na letra não está escrito “time perdedor”, e sim “gaúchos”, e que a história alemã de posturas racistas será sempre uma herança deixada pelo passado. Concordo que é chato considerarmos tudo e qualquer expressão como manifestação de racismo, mas já que o mundo contemporâneo é assim, mão custa tomar cuidado, já que o projeto de marketing deles para a Copa foi perfeito. Quero ressaltar algo que acho mais grave, que é a subserviência intrínseca em nosso inconsciente coletivo com relação aos que seriam superiores a nós, de que os vencedores, como dizia Machado de Assis” merecem sempre as batatas, que é uma simbologia de poder. Os primeiros europeus que aqui chegaram nos compraram (nossos índios, claro!) com espelhinhos, retalhos de tecido etc, e levaram em troca nossas riquezas naturais. Os alemãs trouxeram sua versão mais atual de tecido e vidro trabalhado, que foram as obras em Cabrália, das quais, é bom que se diga, se beneficiaram precipuamente … e levaram o que seria, também, a maior riqueza que queríamos no momento, que foi a Copa! Os caras jogaram melhor e ganharam, ponto. E não tiveram o melhor desempenho das Copas, em 70, por exemplo, o Brasil venceu todas as partidas! Pior que considerar os caras racistas por causa de uma dancinha, é acharmos que todo nosso Futebol é uma droga e os europeus são ótimos, porque estão num estágio mais vencedor.

  24. Precisamos ter cuidado com o fato de que na letra não está escrito “time perdedor”, e sim “gaúchos”, e que a história alemã de posturas racistas será sempre uma herança deixada pelo passado. Concordo que é chato considerarmos tudo e qualquer expressão como manifestação de racismo, mas já que o mundo contemporâneo é assim, politicamente correto, não custava tomar cuidado, já que o projeto de marketing deles para a Copa foi muito bom e obteve sucesso. Quero ressaltar algo que acho mais grave, que é a subserviência intrínseca em nosso inconsciente coletivo com relação aos que seriam superiores a nós, de que os vencedores, como dizia Machado de Assis “merecem todas as batatas”, o que seria uma simbologia de poder. Os primeiros europeus que aqui chegaram nos compraram (nossos índios, claro!) com espelhinhos, retalhos de tecido etc, e levaram em troca nossas riquezas naturais, impondo sua cultura, pela sedução e, posteriormente, pela força. Os alemãs trouxeram sua versão mais atual de tecido e vidro trabalhado, que foram, por exemplo, as obras em Cabrália, das quais, é bom que se diga, se beneficiaram precipuamente … e levaram o que seria, também, a maior riqueza que queríamos no momento, que foi a Copa! Os métodos evoluíram, mas a filosofia foi a mesma. Os caras jogaram melhor e ganharam, ponto. E não tiveram o melhor desempenho das Copas! Em 70, por exemplo, o Brasil venceu todas as partidas que disputou! Pior que considerar os caras racistas por causa de uma dancinha, é acharmos que todo nosso Futebol é uma droga e os europeus são ótimos, porque estão num estágio mais organizado e vencedor.

  25. argentina acusando alguem de racismo por is só ja parece piada, e agora eles estão todos mordidinhos por tudo, mas na hora de sacanear, tirar, desrespeitar adoram …

  26. Concordo q não foi racista, mas achei o título engraçado. Imagino isso em outras situações : “Atitudes racistas? Não, o holocausto foi apenas uma expressão da ideologia nazista”

  27. Lucas, o problema é que essas minorias (e grupos q se dizem oprimidos) já não são mais motivadas somente pelo senso de justiça e ideais de igualdade, há um sentimento de revanchismo no meio disso tudo. Ninguém admite isso, mas há.

  28. É homofóbico dependendo de quem vc manda “dar a bunda”, assim como mandar alguém para a pqp pode ser xingamento ou só zuação, no meu ponto de vista, eu acho que se vc estava falando isso com os seus colegas de bar então não tem nada de homofóbico é coisa da própria cultura, e se eles não se ofendem, então tá tudo bem.

  29. Não depende de quem, mas do contexto. Posso mandar um gay que está discutindo comigo ir dar a bunda sem que isso seja um insulto homofóbico. Isso porque não sou um sujeito homofóbico, não faço uso desse insulto com a intenção de depreciar gays. Digamos que o “vá tomar no cu!” é um insulto universal.

    sexo anal não é uma prática exclusiva dos homossexuais, e está também relacionado a situações vexaminosas. Estupro, homens que se embebedam e acabam penetrados, homens que perdem apostas, etc. Em vários casos, “dar a bunda” é uma situação vexaminosa. O anal é desagradável para muitas mulheres e até mesmo para alguns gays. Já ouviu falar dos g0y (Gê-Zero-Ípsolon ou gói)? São homens que se relacionam com outros homens sem a prática do anal. Muitos g0y são homossexuais.

  30. qual seria o termo para classificar o hétero na linguagem dos viadinhos??? viadofobia???? essas bichas tem que ficar no lugarzinho delas e se darem por satisfeitas, pois hoje a globo as ajudam…

  31. Alemao é racista ! Meu , quem te pagou pra falar essa besteira ! Alemao tira sarro de voce da risada por tras e te cai de joelhos pedindo desculpas e diz que nao tiveram a intencao , qual Nazis fala direto que ele é ??? Porque vao a demonstracoes e escondem seus rostos ??? Pra estar no meio de tudo sem serem reconhecidos , ate serem seu melhor amigo , pra depois te deixar andando assim ( Baixo) … O jogo pra ganhar tua confianca e depois dar o bote , ate ficam amigos com negros …. para estes somos faceis de manipular , emocao pra eles é simbolo de fraqueza . :)) Eu sei do que estou falando , ja passei por muitas situacoes aqui , infelizmente !! Voce sabia que um estrangeiro aqui na Alemanha nao tem os mesmos direitos que um Alemao ?? Alemaes odeiam turcos , mas eles nao mostram para nao cair a mascara ….. depois de milhoes de mortos causadas por Nazis , na Alemanha os Nazis tem direito de ir as ruas e fazerem demonstracoes , e qual a desculpa pra isso ?? Democracia :)) Desde quando assassinos tem direito de ir as ruas e fazerem demonstracoes ????? tudo que nao é alemao nao é bom o suficiente Nao vou generalizar , claro que existem alguns que nao sao , mas esse nao se preocupam de sempre provar que sao melhores que todos , em tudo . Eu vivo na Alemanha e sei o que estou falando !

Os comentários estão encerrados.