Nationals x Dodgers demorou tanto que fez que o metrô fosse xingado em rede nacional

As pessoas parecem irritadas com o serviço metroviário de Washington

Anúncios

O jogo chegava ao final e a tensão crescia. O duelo valia uma vaga na semifinal do campeonato para o vencedor, e as férias antecipadas para o perdedor. Técnicos vão fazendo substituições para ter as melhores condições para a vitória e a torcida local já temia pelo pior quando via a reação da equipe adversária. De repente, os torcedores se unem em um grito, que pôde ser ouvido até pelos que acompanhavam a partida pela TV: “O metrô é uma droga! O metrô é uma droga!”.

Veja a matéria completa no Outra Cidade

O que Tóquio vai fazer para os Jogos de 2020 (e o que já tem pronto)

Boa parte da infraestrutura já está em funcionamento… desde 1964

Shinzo Abe não é o chefe de governo mais popular do mundo. Longe disso. O primeiro ministro japonês sofre com a dificuldade de fazer a economia de seu país recuperar o crescimento e por defender ideias como o aumento no investimento militar. Mas, aos olhos do mundo, o líder da terceira nação mais rica do planeta  é um senhor simpático que topou aparecer no meio do Maracanã fantasiado de Mario. Tóquio aproveitou bem seus oito minutos durante a cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos de 2016, realizados no Rio de Janeiro, e deixou uma mostra do que pretendem fazer para a próxima edição, em 2020.

Veja a nota completa e a galeria no Outra Cidade

Inflação durante grandes eventos é mais nociva do que parece

Elevar agressivamente os preços só afastam organizadores e visitantes, e ainda atingem os locais

É a oportunidade de ouro, quase literalmente. Um grande evento vem para a sua cidade, pessoas de todo o mundo chegam com dólares e euros para gastar. Hora de tirar a lei da oferta e da procura do bolso e elevar os preços para faturar o máximo possível.

Leia o texto completo no Outra Cidade

Rio corrige erro do bilhete olímpico, mas confusão ainda reina

Sistema de transportes nos Jogos Olímpicos permanece com problemas

“Não tinha esse bilhete olímpico unitário, mas reclamaram tanto que criaram em cima da hora. Só que não pode comprar essa passagem na máquina, só na bilheteria.”

A atendente da estação Salvador Allende do BRT se esforça, mas não consegue evitar o constrangimento. Por mais que a prefeitura do Rio de Janeiro tenha divulgado insistentemente que o transporte público era a melhor forma de chegar às arenas dos Jogos Olímpicos, fica cada vez mais evidente que o sistema não estava preparado. O erro de criar um bilhete olímpico sem passagem unitária foi corrigido, mas diversos outros seguem.

Leia o texto completo no Outra Cidade

Era para ser um tema olímpico, virou um ícone da nova Barcelona

A canção criada para as Olimpíadas de 1992, no fim das contas, se transformou em símbolo da cidade

Os Jogos Olímpicos são muito ligados às cidades em que eles são realizados. Ainda assim, é raro encontrar alguma música-tema olímpica que tenha marcado como ícone de suas sedes (na verdade, é raro alguma música-tema ficar marcada como qualquer coisa, ou você se lembra do hino de Sydney-2000 ou Atenas-2004?). Para encontrar alguma canção olímpica que acabou vinculada a um lugar, temos de voltar mais de 20 anos.

Leia o post completo no Outra Cidade

[Galeria] Dez cidades, onze piras olímpicas

Relembre 11 piras olímpicas, um dos maiores símbolos dos Jogos

Uma pira pequena, parecendo quase uma cuia. Poderia passar despercebida, mas atrás dela está uma escultura cinética do artista norte-americano Anthony Howe. O conjunto visa dar amplitude à luz das chamas, mas sem consumir muito combustível.

O resultado é marcante, certamente se tornará uma das imagens icônicas dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Por isso, para nossa galeria de sábado, resolvemos refrescar a memória de vocês e relembrar como dez cidades interpretaram esse elemento para criar símbolos para suas Olimpíadas.

Veja o post completo no Outra Cidade

Dez cidades, onze piras olímpicas

Que tal relembrar como ficou acomodada a chama olímpica nas últimas décadas?

Uma pira pequena, parecendo quase uma cuia. Poderia passar despercebida, mas atrás dela está uma escultura cinética do artista norte-americano Anthony Howe. O conjunto visa dar amplitude à luz das chamas, mas sem consumir muito combustível.

Veja a nota completa, com galeria, no Outra Cidade

Abertura mostrou o que toda a Rio-2016 poderia ser para o Brasil

Cerimônia deixou alguns pontos de discussão importantes sobre a organização do Brasil nas Olimpíadas

Quando o Brasil foi definido como sede da Copa do Mundo de 2014 e dos Jogos Olímpicos de 2016, rapidamente veio o discurso de “fazer o possível”, fazer eventos “com cara e limitações do Brasil”. Tudo isso foi esquecido, termos como “Padrão Fifa” surgiram no noticiário para argumentar que o único jeito de realizar tais competições era gastar uma fortuna.

Leia o post completo no Outra Cidade

Cerimônia de abertura mostrou o que toda a Rio-2016 poderia representar para o Brasil

Como fazer o necessário sem perder a alma ou gastar um dinheiro que não tem

Quando o Brasil foi definido como sede da Copa do Mundo de 2014 e dos Jogos Olímpicos de 2016, rapidamente veio o discurso de “fazer o possível”, fazer eventos “com cara e limitações do Brasil”. Tudo isso foi esquecido, termos como “Padrão Fifa” surgiram no noticiário para argumentar que o único jeito de realizar tais competições era gastar uma fortuna.

Veja o artigo completo no Outra Cidade

Encalhe do Riocard reforça nosso pedido por bilhete olímpico unitário

Apenas 100 mil Riocards – o bilhete único para uso durante os Jogos Olímpicos – foram vendidos até esta terça

A notícia veio com um tom de preocupação, mas não de surpresa. Apenas 100 mil Riocards – o bilhete único para uso durante os Jogos Olímpicos – foram vendidos até esta terça (2), um quinto do estimado pela prefeitura do Rio de Janeiro. A procura certamente crescerá com o início das competições, mas deixa a dúvida se a meta de 1,5 milhão será atingida. Uma possibilidade que dava para imaginar pelos pacotes disponíveis.

Leia o texto completo no Outra Cidade